For years I have been a fan of Oskar Metsavaht’s modern and minimalist pieces for Osklen, one of my favorite sustainable fashion brands from Rio. Well, Oskar has definitively hit the jackpot with his latest collaboration with half-Brazilian jet-setters Bianca Brandolini and Alexia Niedzielski, who are in charge of the brand's summer swimwear collection. Both girls embody the Carioca spirit and this shines through in the amazing pieces they have created (which I’ll be wearing on my next sunny vacation!). See how I’ve teamed their halter-neck top with a skirt and jacket for a sensual yet laid-back look! 


What I love most about the collection is that it is not blatantly Brazil-inspired. Instead of tiny bikinis (as one might expect), their bustier-style tops and high-waisted bottoms add a retro pin-up quality. It's all very sexy, without losing Osklen's classic touch and sense of the exotic. The beautiful patterns recall Brazil’s lush vegetation—and I’ll certainly never get tired of it!


Sou fã de carterinhas das peças modernas e minimalistas de Oskar Metsavaht, o nome por trás da Osklen, uma das minhas marcas favoritas do Rio - que também está por trás de iniciativas para uma moda sustentável. Oskar definitivamente tirou a sorte grande com a sua mais recente collab com as meias-brasileiras e jet-setters Bianca Brandolini e Alexia Niedzielski , que assumiram o comando de todo o swimwear da marca para esta temporada de verão .

Ambas meninas encarnam o espírito carioca, o que mostram através das peças incríveis que elas criaram - e que eu vou estar usando em minhas próximas férias ensolaradas. O que eu amo mais sobre a coleção é que ela não é descaradamente inspirada no Brasil. Em vez de biquínis micro (como é de esperar)  e investe em bustiers e calcinhas de cintura alta, assim dando um toque perfeito de pinup às peças. É tudo muito sexy, descontraído e tropical, uma fórmula clássica da Osklen . Os padrões foram inspirados na vegetação luxuosa do Brasil. Impossível se enjoar da floresta, não?


YOU MAY ALSO FIND

Comment