Who can complain about the coming of summer? Coats come off and we can finally enjoy a good rooftop lunch or party. That being said, one of NYC's most loved rooftops has finally re-opened.

The Met's rooftop features a sculpture garden and a restaurant, all topped with a privileged view of NYC's skyline. And this season, there is a new addition to it: a replica of the Bates Motel, the daunting mansion in Hitchcock’s movie Psycho. If you're wondering what such thing would be doing there, it's worth remembering that each year the museum invites an artist to do an site-specific installation. This year's installation is this scale mock up called Transitional Object by Cornelia Parker. 

The artist specialized in installations that touch on clichés through trompe l’oeil. The end result is always eerie or, at the very least, out of the ordinary. In the case of her installation we see at the Met, I'd say its both. 

What's crazy is that the "hotel" is 30 feet high, built from pieces of a former local barn, and despite looking pretty authentic, it's only made up by two facades, that are held up by scaffolding, for example. At a time that authenticity in art is always a question that's brung up, here Cornelia brings us a replica of something that was already a replica in the first place - for the set of Psycho, the home used was fake and was a recreation of the house Hopper's painting "House by the Railroad." Whether it's fake, double fake or so fake that it becomes authentic, we can't say. But we can say that it will offer the NYC skyline one hell of an addition. 


Quem pode reclamar da chegada do verão? Os casacos saem e nós podemos finalmente aproveitar um bom almoço ou festa no terraço. Tendo dito isso, um dos terraços mais amados de NYC finalmente reabriu.

O terraço do Met apresenta um jardim de esculturas e um restaurante, tudo isso com o toque final da vista privilegiada da linha do horizonte de NYC. E nesta estação, há uma nova adição a ele: uma réplica do Bates Motel, a mansão assombrada no filme Psicose de Hitchcock. Se você está imaginando o que tal coisa está fazendo lá, vale a pena lembrar que a cada ano o museu convida um artista para fazer uma instalação de lugar específico. A instalação deste ano é uma maquete em escala chamada Transitional Object (Objeto Transicional) por Cornelia Parker.

A artista é especializada em instalações que tocam os clichês através de trompe l'oeil. O resultado final é sempre estranho ou, no mínimo, fora do comum. No caso da instalação que vemos no Met, eu diria que é ambos.

O louco é que o “hotel” tem 30 pés de altura (cerca de 9 metros), construído com peças de um antigo celeiro local e, apesar de parecer bem autêntico, só é feito de duas fachadas, que são mantidas em pé por um andaime, por exemplo. Em uma época em que a autenticidade na arte é sempre uma questão levada à tona, aqui Cornelia nos traz uma réplica de algo que já era uma réplica em primeiro lugar — para o set de Psicose, a casa usada era falsa e era uma recriação da pintura da casa de Hopper “House by the Railroad”. Seja falsa, duplamente falsa ou tão falsa que se torne autêntica, nós não sabemos dizer. Mas nós podemos dizer que oferecerá à linha do horizonte de NYC uma grande adição.


YOU MAY ALSO LIKE

Comment