With Earth Day right around the corner, I wanted to introduce one more artist who integrates nature into his work. Azuma is known for creating expressive sculptures using flowers and plants. In his hands, fungal flowers become metallic or hang from midair almost magically and sofas are upholstered with fake grass. His Shiki series, which is currently in view at the NYC Chamber Gallery now, forces us to think about the power of nature. To Azuma, he is simply continuing the millenary tradition of man depicting his relationship to nature.  He believes that man's position within the natural world "is like a mirror reflecting the era". I couldn't agree more. In times of such great environmental atrocities, it is only my wish that more people consider the words - and works - of Azuma. 


Com a vinda do Dia da Terra, eu queria apresentar mais um artista que integra a natureza em seu trabalho. Azuma é conhecido por criar esculturas expressivas usando flores e plantas. Em suas mãos, flores fúngicas tornam-se metálicas ou ficam penduradas no ar quase magicamente e sofás são estofados com grama falsa. Sua série Shiki, que está atualmente em exibição na NYC Chamber Gallery, nos força a pensar sobre o poder da natureza. Para Azuma, ele está simplesmente continuando a tradição milenar do homem de retratar seu relacionamento com a natureza. Ele acredita que a posição do homem dentro do mundo natural “é como um espelho refletindo a era”. Eu não poderia concordar menos. Em tempos de tantas atrocidades ambientais enormes, é meu desejo que mais pessoas considerem as palavras — e os trabalhos — de Azuma.


YOU MAY ALSO LIKE

Comment