As you may know, the Serpetine Pavillion, located in the gardens of the Serpentine Gallery, is an icon of the London Summer. Each year a new building is projected and built by some of the world's leading architects in order to house the Pavillion's seasonal artsy events - and by October it is dismantled altogether, becoming just a fragment of our Summer memories.

Well, the Serpentine has just announced what it has in store for us and it seems terribly exciting. Designed by Bjarke Ingels and his group, based in both Denmark and USA, the pavillion will be somewhat of an “unzipped wall" which transforms into a three-dimensional space. It will be highly dynamic: free of form, but sculptural, simultaneously opaque and transparent. As is common of past pavillions, this year's structure will certainly take the audience through a somewhat -out-of-the-world experience!

 In addition to the Pavilllion, the Serpentine this year is expanding its cultural programme having created four Summer Houses, which will be 25 square meter temporary structures built by four different architects. Each will house a unique exhibition. The four Summer Houses are inspired by the Serpentine's Temple of Queen Caroline, a classical style summer house built in 1734. Set out a day in your upcoming Summer and get ready spend the day somewhere between the present and the future!


Como você deve saber, o Serpentine Pavillion, localizado nos jardins da Serpentine Gallery, é um ícone do verão de Londres. A cada ano uma nova construção é projetada e construída por alguns dos arquitetos líderes do mundo para hospedar os eventos artísticos sasonais do Pavilhão — e em outubro ele é todo desmontado, tornando-se apenas um fragmento de nossas memórias de verão.

Bem, o Serpentine acabou de anunciar o que tem guardado pra gente e parece terrivelmente animador. Projetado por Bjarke Ingels e seu grupo, com base na Dinamarca e nos Estados Unidos, o pavilhão será algo como uma “parede de zíper aberto” que se transforma em um espaço tridimensional. Será altamente dinâmico: livre de forma, mas escultural, simultaneamente opaco e transparente. Como é comum dos pavilhões anteriores, a estrutura deste ano certamente levará o público a uma experiência quase como for a desse mundo!

Além do Pavilhão, a Serpentine está expandindo seu programa cultural este ano, tendo criado quatro Summer Houses, que terão 25 metros quadrados de estruturas temporadas construídas por quatro arquitetos diferentes. Cada uma hospedará uma exposição única. As quatro Summer Houses são inspiradas pelo Temple of Queen Caroline (Templo da Rainha Caroline) de Serpentine, um estilo clássico de casa de verão construído em 1734. Separe um dia no próximo verão e prepare-se para passar o dia em algum lugar entre o presente e o futuro!


YOU MAY ALSO LIKE

Comment