If we relied on Portuguese artist Joana Vasconsellos, we would all be living in a "Material World." The title of her latest exhibit at Philiips couldn't be a better one given that we're dealing with an artist that has dedicated her career to recreating ordinary objects in large scale, always adding her own feminine touch to them.

The exhibit features 40 of her works in total. Based on them you can really gain a grasp on Joana's geniality and ability to introduce handcraft techniques such as crocheting (an element which makes me obsessed with her work) into the high arts. I'm happy to see this artist gaining the recognition she deserves. After all, only a few can say they turned a Venice Biennale and the Palais of Versailles upside down.

Joana Vasconcelos: Material World
Until August 30th


Se dependêssemos da artista portuguesa Joana Vasconcelos estaríamos todos vivendo em um “Material World” (ou seja, em um mundo material). O título de sua exposição mais recente na Phillips não poderia ser melhor, já que estamos lidando com uma artista que dedicou sua carreira recriando objetos comuns em larga escala, sempre adicionando seu próprio toque feminino a elas.

A exposição apresenta 40 de seus trabalhos no total. Baseados neles você realmente consegue ter uma compreensão da genialidade de Joana e sua habilidade de introduzir técnicas artesanais como o crochê (um elemento que me faz ser obcecada pelo trabalho dela) na alta cultura das artes. Fico feliz em ver esta artista ganhando o reconhecimento que ela merece. Afinal de contas, poucos podem dizer que viraram uma Bienal de Veneza e o Palácio de Versalhes de ponta cabeça.

Joana Vasconcelos: Material World - até dia 30 de agosto.


YOU MAY ALSO LIKE

Comment